Oportunidade, curso GRATIS de laços e tiaras Karyne Otto.

Viver de artesanato é possível, como sempre falo aqui no blog e no canal. Mas a maior parte das artesãs, apesar de saber da importância do conhecimento e informação, não buscam se capacitar. Infelizmente a maioria ainda acha que aquilo que aprendeu com a mãe ou avó é o suficiente. Ou que aquilo que esta disponível na internet de graça vai suprir todas as suas necessidades.

Claro que existem diversos conteúdos GRÁTIS ótimos por ai. Alias vou disponibilizar um aqui agora. Mas, eles não dão conta de uma boa capacitação sozinhos. Podemos usa-los perfeitamente como auxiliares ao nosso trabalho.

Falando sobre a questão de valorização do artesanato, que é uma das maiores reclamações que recebo, posso dizer  que a valorização começa no próprio artesão. Se o artesão não se valoriza investindo em capacitação e conhecimento (técnica, divulgação, vendas, administração e etc), não investe no seu trabalho ou no seu negócio o que esperar de seu cliente? Se ele não busca diferenciais para sua atividade, não será o cliente que irá valorizar. Você investe no seu trabalho? Nos últimos tempos, quantas feiras visitou? Quanto investiu em equipamentos de qualidade? Quanto investiu em divulgação?

Viver de artesanato. Como começar com conteúdo grátis

Falando sobre  cursos, conhecimento e capacitação para artesãs, temos diversos conteúdos online gratuitos. Não pode investir agora? Então comece pelo conteúdo disponível gratuitamente na internet. Mas preste atenção: eu disse comece. Para viver de artesanato não precisamos sair gastando horrores logo de começo. Mas investimentos são precisos, e muito.

O problema é que muitos artesãos acham que somente o conteúdo disponível na internet gratuitamente é suficiente. Enquanto na verdade esse material é apenas uma degustação. Um dos maiores segredos dos artesãos de sucesso é investir, e muito, em sua capacitação. Se você acha caro investir em conhecimento, é porque você não sabe quanto custa a falta dele.

Isso é um grande engano. Fico muito triste quando vejo artesãos que não se preocupam em investir tempo e dinheiro na sua capacitação. E ainda pior, falam que o artesanato não é valorizado. Na verdade, a falta de capacitação e informação são os grandes responsáveis pela desvalorização. As dificuldades para divulgar, não conseguir vender, precificar, se comunicar com o cliente entre outros problemas, está ligada a falta de investimento na capacitação.

Em qualquer segmento profissional, para ser valorizado e ter uma boa renumeração, é necessário estudar e se capacitar. Você já viu um advogado se formar com cursos GRÁTIS pela internet? E se tivesse visto, confiaria nele para defender uma causa sua? Por que as artesãs se capacitam desta forma? Quanto mais se capacitar, mais o profissional das artes manuais irá eliminar seus medos e insegurança para desenvolver um negócio rentável e lucrativo.

Se  deseja crescer com o seu negócio artesanal, precisa estar constantemente se atualizando, através de cursos, feiras e workshops. Outra coisa que pode ajudar muito, são boas leituras e bons livros. Principalmente, nas áreas de gestão, administração e vendas.

Curso GRÁTIS de laços e tiaras Karyne Otto

Hoje trago para vocês uma excelente oportunidade de começar a trabalhar de casa com artesanato. Já imaginou ganhar até seis mil reais mensais a partir de sua casa com laços e tiaras? Sim, é possível. E quem vai lhe ensinar como é a linda e talentosa Karyne Otto. Ela já trabalha com artesanato a mais quinze anos e é completamente apaixonada por essa área.

Juntamente a essa profissional que quero lhe dar um presente hoje. Um curso básico de laços e tiaras totalmente GRÁTIS. Sim, isso mesmo.

Assista ao convite de karyne Otto

Para aceitar o convite CLIQUE AQUI

CLIQUE AQUI

 

 

 

Written by

Ola, prazer.. Sou Bruna Frank, tenho 23 anos e amo artesanato, mais especificamente crochê. Por isso tornei essa arte minha profissão a aproximadamente quatro anos. Me tornando a Bruna Frank Crochê. Eu sou gaúcha da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul. Sou também mãe, esposa e dona de casa em tempo integral. Hoje vivo 100% do meu artesanato e posso dizer que sou uma mulher realizada. E muito grata a Deus por isso.

Adoraria um comentário, me diga o que achou

%d blogueiros gostam disto: